Palácio de Cristal

Inspirada no Palácio de Cristal de Londres, e no Palácio de Cristal do Porto, o Palácio de Cristal de Petrópolis embeleza a cidade e é um dos seus pontos turísticos.

1. Inauguração:

Foi inaugurado em 1884 para abrigar exposições de flores, pássaros e produtos agrícolas.

Sua estrutura pré-moldada, em ferro fundido, foi encomendada a uma fundição na França pelo Conde D’Eu, sendo montada em Petrópolis pelo engenheiro Eduardo Bonjean e levou 5 anos para ficar pronto.

2. Mito ou realidade?

Existe uma história de que o Palácio tenha sido presente do conde para sua esposa, porém alguns historiadores, como Joaquim Eloy, discordam dessa teoria.

“O presente foi, na verdade, para a sociedade hortícola, a qual a princesa fazia parte. Tanto que o patrimônio não ficou na Família Imperial”, argumenta.

3. Páscoa da liberdade:

A sua mais bela festa foi realizada no domingo de Páscoa de 1888, na qual a princesa Isabel, junto a seus filhos, entregou cartas de alforria a escravos, a maioria indenizando os seus senhores com notável campanha desenvolvida na cidade.

4. Diversos usos:

Ao longo de sua história, o Palácio de Cristal já funcionou como museu, escola de música, clube de escoteiros e quartel do Corpo de Bombeiros!

5. Atualidade:

Museu Histórico/1938

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1957, integra o conjunto arquitetônico e paisagístico da antiga Praça da Confluência, com jardins e chafarizes.

Foi totalmente restaurado em 1998, a estrutura de ferro e piso são originais, mas as paredes de cristal foram substituídas por vidro laminado.

Hoje recebe eventos culturais e exposições.

Conheça o Palácio de Cristal!